Mas o que é startup?
24/05/2016

Mas o que é startup?

Entenda o significado e a origem de um dos termos mais representativos no mundo do empreendedorismo nos últimos anos.

Como uma simples palavra pode significar uma mudança tão grande de comportamento corporativo e dar voz a tantas mentes criativas e inovadoras? Infelizmente não são todos que têm o conceito de startup bem definidos na cabeça. Primeiro, o que você precisa saber é que há tempos o nascimento das boas e novas ideias não, necessariamente, vem das grandes indústrias. Segundo, é preciso entender também que, estamos vivendo em uma era em que sociedade e economia giram em torno do empreendedorismo.

Não é à toa que as grandes corporações, como Apple, Microsoft, Google, Facebook, viraram suas atenções para diversas startups ao redor do mundo. Elas são capazes de trazer consigo uma mentalidade fresca, com ideias revigorantes e conseguem abraçar as mudanças constantes do mercado. Agir de maneira tão aberta e transparente para o progresso em conjunto, foi o início de uma mudança de comportamento, que resultou na evolução da mentalidade business. Através dessas características valiosas, elas formam o ecossistema, uma grande rede composta por startups, que trocam figurinhas entre si sobre experiências e melhores práticas. Assim, conseguiram criar um ambiente de resiliência e expertise para lidarem com um cenário cheio de incertezas.

Existe uma definição para startup?

Sim, principalmente por meio de dicionários, empresas e empreendedores. Definições e significados não faltam, e uma das melhores explicações para iniciantes do termo vem do Dave McClure, founder da aceleradora global 500 Startups, em tradução livre:

Uma ‘startup’ é uma empresa que está confusa sobre o que é seu produto, quem são seus consumidores, e como fazer dinheiro.

Em outras palavras, as startups foram feitas para entender qual é o problema ou necessidade (produto), que pode ser resolvido para quais pessoas (consumidor), e quanto elas estariam dispostas a pagar por isso (modelo de negócios).

As definições vêm de diversas fontes, e uma das mais populares acabou se tornando a mais completa delas:

Uma startup é um grupo de pessoas de perfil de empreendedor à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, normalmente apresentado em um cenário de incertezas e questões.

Por mais brilhante que seja a ideia de um empreendedor, não é possível afirmar que ela sairá do papel e dará certo. São necessários um modelo de negócios muito bem estruturado, capital de risco, pitches convincentes, para assim, atrair aceleradoras e investidores. Os recursos e as opções para fazer com que a sua ideia dê realmente certo, são vastos, mas demandam os famosos 10% de inspiração e 90% de transpiração. Sabemos que o risco e o medo de falhar existem, mas, com certeza, são menores que os benefícios de correr atrás e trabalhar com aquilo que acredita e tem paixão.

Voltar